Facelift Lipoaspiração Prótese
Nariz (Onorplastia) Lipoenxeria Mamo. Repucois
Palpebra (Beflaroplatia) Abdome Mamosfera
Orelha Coxas Reconstrução
 




























 
 
 



Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Inicial

OS BENEFÍCIOS DA CULINÁRIA JAPONESA



Algas: elas enxugam a gordura

São excelentes fontes de iodo e vitaminas do complexo B (B1, B2, B3, B6, B12), importantes reguladores da serotonina, também conhecida como o hormônio da felicidades. São ricas em cálcio, ferro e fibras solúveis ajudando na regulação do trânsito intestinal. Um estudo recente da Universidade de Newscastle, na Grã-Bretanha, provou que elas são capazes de reduzir a absorção de gordura pelo organismo em até 75%.

Peixes: amigos do peito

Atum, salmão e truta são espécies largamente utilizadas na culinária japonesa. Esse trio é o verdadeiro aliado do coração. Isso porque os três peixes são ricos em ômega3, um ácido graxo poli-insaturado que faz uma verdadeira faxina nos vasos sanguíneos, dissolvendo as placas de gorduras que se fixam nas paredes das artérias. Com o sangue fluindo sem barreiras, reduzem-se os riscos de doenças cardiovasculares, como hipertensão, infarto, derrames e prevenção de doenças cerebrais degenerativas com o Mal de Alzheimer.

Pepino: xô inchaço!

Ele é um dos vegetais mais usados na culinária oriental, compondo saladas, temakis e sushis. O pepino é composto por 95% de água, o que faz dele um alimento de baixa caloria e que garante hidratação do organismo. Também é um diurético natural, que auxilia na diluição dos cálculos renais, e tem potássio, que favorece a flexibilidade muscular evitando as câimbras.

Gergelim: o intestino agradece

Dissolve os lipídios da corrente sanguínea, regulando os níveis de colesterol e triglicérides, evitando doenças cardiovasculares. A lecitina também auxilia na lubrificação do intestino, que junto com as fibras contidas na semente mantém a prisão de ventre bem longe. Suas fibras insolúveis também controlam as taxas de glicemia, prevenindo males como o diabetes, além de proporcionar maior duração da saciedade. Atua como ativador do reflexo cerebral e fortalecedor da pele. A presença do cálcio na sua composição ajuda ainda no combate do desgaste ósseo.

Gengibre: ele desintoxica geral

Rico em fibras, o gengibre tem ação desintoxicante, favorece a digestão e alivia a constipação intestinal. Com propriedades anti-infamatórias e bactericidas, trata inflamações. Também é conhecido como um potente alimento termogênico, isto é, tem a capacidade de aumentar a temperatura corporal e acelerar a queima de gorduras, contribuindo para o emagrecimento.

Cogumelos: eles blindam o organismo

É um verdadeiro exército de defesa contra doenças graças a uma substância chamada lentinan, capaz de estimular o sistema imunológico. Estudos apontam que o lentinan também é um bom combatente das altas taxas de colesterol. Os cogumelos também ativam a saciedade, diminuindo a compulsão e a fome. No Japão é indicado para pacientes em quimioterapia para melhorar as defesas do organismo.

Missô e tofu: aliviam os sintomas da menopausa

No Japão, a soja faz parte da alimentação diária na forma de missô (pasta de soja) e tofu (queijo de soja), além de vários outros produtos. Trabalhos experimentais e clínicos sugerem que as proteínas e flavonóides da soja podem proporcionar benefícios em algumas doenças crônicas, incluindo doença cardiovascular aterosclerótica, câncer, osteoporose, doenças renais e manifestações da menopausa.




Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player